It Peça: Cruzes!

Tudo bem que a onda do momento são mesmo as caveiras por todos os lados. Mas, é melhor vocês irem começando a se despedir dessa figura tão amada de muitas mulheres. Isso, porque os próximos ícones da moda são as cruzes. A tendência promete vir com tudo na temporada de Inverno de 2013, mas se quiser já ir adiantando a trend, fique à vontade!

Assim como as caveiras, os crucifixos podem até parecer meio obscuros, mas fazem parte do puro luxo! Vocês devem estar achando meio estranha essa história de cruzes, mas a sensação era bem parecida com as caveiras e olha só no que deu: virou a queridinha de muitos.

Gostou do post? Então segue o blog é só clicar #seguir aqui do lado. Sugestão de post? Manda pra mim é só entrar em contato. Até a próxima.

Moda e Música: Heavy Metal

O heavy metal se caracteriza tradicionalmente por guitarras altas e distorcidas, ritmos enfáticos, um som de baixo-e-bateria denso e vocais vigorosos. Os subgêneros do metal tradicionalmente enfatizam, alteram ou omitem um ou mais destes atributos. Segundo o crítico do New York Times Jon Pareles, “na taxonomia da música popular, o heavy metal é a principal subespécie do hard rock – o tipo com menos síncope, menos blues, com mais ênfase no espetáculo e mais força bruta.” A típica formação da banda inclui um baterista, um baixista, um guitarrista base, um guitarrista solo e um cantor, que pode ou não também tocar algum dos instrumentos. Teclados são por vezes usados para enriquecer o corpo do som; as primeiras bandas de heavy metal costumavam usar um órgão Hammond, enquanto sintetizadores se tornaram mais comuns posteriormente.

Os anos 80 também trouxeram muitas fusões de estilos, criando os híbridos funk metal (Red Hot Chili Peppers, Fishbone), punk metal (GBH, Suicidal Tendencies), progressive metal (Queensryche e Dream Theater) e alternative metal, balaio vanguardista onde a crítica encaixava Faith No More, Primus, Helmet, Ministry e mesmo o nosso Sepultura – que já fôra chamado de thrash, speed e death metal, provando que nenhum desses rótulos significava um estilo à parte. Nos últimos anos, apareceu ainda o nome aggro-metal, para definir de Korn e Limp Bizkit a Marilyn Manson.

O Heavy metal não é de um look só, ou características específicas. Ele é um estilo de vida. Mas para aquelas que curtem o som, ou precisam de um look para um show, algo assim, aqui vão algumas inspirações:

Gostou do post? Então segue o blog é só clicar #seguir aqui do lado. Sugestão de post? Manda pra mim é só entrar em contato. Até a próxima.