Você não é a chave do seu carro!

carro

Na minha cidade as pessoas que chegam a algum estabelecimento balançando a chave do carro são sempre muito bem atendidas. É como se por estar de carro a pessoa tenha mais dinheiro do que quem anda de coletivo e por isso mereça mais atenção. E eu fico super revoltada com isso! Ter um carro hoje em dia não define que você tenha um bom padrão de vida, conheço várias pessoas que possuem carro e são caloteiras de primeira.

Eu não ando de carro por opção mesmo. É mais cômodo? Pode até ser, tirando o fato do estacionamento e engarrafamentos. Mas eu gosto de andar de ônibus. De me arrumar para ir até a parada e de ficar observando as pessoas que entram no ônibus. Antes de celulares com rede social conheci várias pessoas enquanto esperava o ônibus aparecer. E isso define que eu não tenha dinheiro na carteira? NÃO. Isso apenas mostrar uma opção de vida.

Enquanto as pessoas não entenderem que ter um carro não significa ter dinheiro, ou status nosso mundo não vai mudar. Afinal, não importa se você é um pós-doutorado, se não tem um carro será tratado como um ignorante por pessoas ignorantes.

Dando adeus ao Refri nosso de qualquer dia!

refrigerante

Eu nunca fui uma pessoa muito forte para dor. Na verdade quando eu vejo alguém passando mal começo a passar mal também, coisas do meu cérebro maluco. E desde que meu pai partiu, eu sempre me pego pensando na morte e principalmente em questões de saúde. Aquilo de é melhor prevenir do que remediar fica batendo na porta e por isso eu resolvi que agora vou tentar evitar tudo aquilo que é possível evitar em relação à saúde apenas mudando alguns hábitos.

E para continuar, já que eu agora caminho todos os dias resolvi dizer não ao refrigerante. Primeiro porque ele não é nada saudável, segundo porque pode causar diabetes e terceiro porque vocês já perceberam que só existem quatro sabores decentes? Tudo bem que quando você está numa reunião com amigos o refrigerante é uma oferta mais barata, porém resolvi pagar um pouco mais caro pedindo sucos naturais do que gastar futuramente muito mais dinheiro com minha saúde.

Vamos ver se isso dará certo, se realmente eu vou sentir-me mais leve e saudável.