Na Playlist: I Never Told You – Colbie Caillat

Essa semana minha playlist estava extremamente romântica. 🙂 Nem sei bem porque, mas lá vou eu novamente continuar no clima haha com I Never Told You. A canção é bem legal, amei o clipe.
Mas eu nunca te disse/ O que eu deveria ter dito/ Não, eu nunca te disse/ Eu me segurei
Gostou do post? Então segue o blog é só clicar #seguir aqui do lado. Sugestão de post? Manda pra mim é só entrar em contato. Até a próxima.
Anúncios

Na playlist: You Could Be Happy – Snow Patrol

Quando eu acho que ele já escreveu tudo e não poderia se superar eis que escuto: You Could Be Happy. Música sensível, perfeita, indescritível.

Você poderia estar feliz e eu não saberei/ Mas você não estava feliz no dia em que te vi partir

Gostou do post? Então segue o blog é só clicar #seguir aqui do lado. Sugestão de post? Manda pra mim é só entrar em contato. Até a próxima.

Cinema: Sombras da noite

1752. Joshua (Ivan Kaye) e Naomi Collins (Susanna Cappellaro) deixam a cidade inglesa de Liverpool juntamente com o filho, Barnabás, rumo aos Estados Unidos. A intenção deles era escapar de uma terrível maldição que atingiu a família. Vinte anos depois, Barnabás (Johnny Depp) é um playboy inveterado que tem a cidade de Collinsport aos seus pés. Após seduzir e partir o coração de Angelique Bouchard (Eva Green), sem saber que era uma bruxa, ele é transformado em vampiro e preso numa tumba por dois séculos. Quando enfim desperta, dois séculos depois, encontra sua propriedade em ruínas e os poucos familiares ainda vivos escondem segredos uns dos outros. Em meio a um mundo desconhecido, Barnabás se interessa por Victoria Winters (Bella Heathcote), a tutora do jovem David (Gulliver McGrath).

Sombras da Noite apresenta uma divertida mistura pop entre épocas, gêneros e formas de cinema, com uma despretensão que era impossível atingir na adaptação das famosas histórias Alice no País das Maravilhas e A Fantástica Fábrica de Chocolate, por exemplo. Esta crônica familiar existe muito além de seu material original e de seus efeitos visuais, com sua pitada sombria de sexo e morte e seu prazer descontrolado na composição das cenas. Este teatro de seres sobrenaturais é ironicamente realista e cotidiano, razão que garantiu tanto a apreciação de alguns espectadores quanto a rejeição de muitos outros.

Segue o trailler:

Gostou do post? Então segue o blog é só clicar #seguir aqui do lado. Sugestão de post? Manda pra mim é só entrar em contato. Até a próxima.

Look Inspiração

Hoje é sexta-feira! Dia de balada e por isso o look inspiração de hoje é para quem pretende curtir à noite.  Esse look vai do dia à noite sem problema algum. Reparem só no slippers. Perfeito!

Gostou do post? Então segue o blog é só clicar #seguir aqui do lado. Sugestão de post? Manda pra mim é só entrar em contato. Até a próxima.

Na Playlist: Come Home – One Republic

E lá vou eu colocar minhas bandas preferidas em todo o mundo e que a grande mídia insiste em ignorar. Na minha playlist essa música está tocando a todo vapor. A letra é linda e muito inspiradora.

Voltar para casa/ Porque eu estive esperando por você/ Durante tanto tempo/ Durante tanto tempo/ E agora há uma guerra entre as vaidades/ Mas tudo que eu vejo é você e eu/ A luta por você é tudo que eu sempre soube/ Então volte pra casa

Gostou do post? Então segue o blog é só clicar #seguir aqui do lado. Sugestão de post? Manda pra mim é só entrar em contato. Até a próxima.

Eu indico: A bonitona encalhada

Não é fácil ser mulher nos dias de hoje. Além de buscar um grande amor e um ótimo emprego, temos que estar sempre prontas: cabelo, maquiagem, depilação, gorduras zero e bom humor. Muito bom humor para lidar com todo tipo de contratempo. A Bonitona Encalhada foi escrito aos poucos, como desabafo, mas se tornou um livro para que as bonitonas se reconheçam e percebam que tudo o que vivemos seria trágico, se não fosse cômico. Rir das nossas desventuras, pensar sobre as questões que nos afligem e nos identificar com os apertos umas das outras.

Ela apenas conta casos de sua própria vida como Bonitona Encalhada e acabamos aprendendo que podemos ser Encalhadas mesmo namorando quase pra casar: ser encalhada é um estado de espírito. Ser encalhada significa parar no tempo e não querer mais nada, não ter ambições.

Gostou do post? Então segue o blog é só clicar #seguir aqui do lado. Sugestão de post? Manda pra mim é só entrar em contato. Até a próxima.

Na playlist: Skinny Love – Birdy

Ela tem 16 anos e um estilo diferente da modinha, mas que está conseguindo conquistar seu espaço. Pelo menos na minha playlist ela já garantiu lugar. A música é doce e não tem como não cantarolar.

Vamos, amor frágil, o que aconteceu aqui?/ Alimente a esperança em seu peito/ Meu, meu, meu, meu, meu, meu/ A carga intratável está cheia; então diminua a rachadura

Gostou do post? Então segue o blog é só clicar #seguir aqui do lado. Sugestão de post? Manda pra mim é só entrar em contato. Até a próxima.