Meus pais se separaram e agora?

“Antes éramos eu, meu pai e minha mãe. Hoje tenho duas casas, a semana com minha mãe e o fim de semana com meu pai”.

Esse tipo de situação hoje é cada vez mais comum. A família equilibrada com todos os componentes dividindo o mesmo lar se foi e aos filhos cabe apenas conseguir se adequar. É difícil no início, você está acostumado com a presença dos dois, os feriados em família parecem ficar cada vez mais assombrosos na sua cabeça. Natal com mamãe, ano novo com  papai. E o coração partido em dois. Quando você está com um, sente falta da presença do outro e vice-versa. Quem olha de fora pode achar fácil o suficiente para não ligar, mas é muito mais complicado do que pode aparentar.

No fundo sempre há aquela esperança de que tudo voltará a ser como antes e você precisa se apegar a isso por não querer ver seu pai com outra mulher, assim como também não querer ter que dividir sua mãe com outro homem. Ficar no banco de reservas nesse momento é sua maior preocupação e magoar sem querer um dos dois também, é como viver freqüentemente num campo minado, principalmente quando a separação não foi de comum acordo.

Mas lembre-se por mais difícil que isso possa parecer agora você não está sozinho, eles se separaram, entretanto vão sempre continuar te amando. E quando você se der conta já estará super acostumado a ter duas casas e duas escovas de dente.

Tudo novo assusta, porém com o tempo você se acostuma.

Gostou do post? Então segue o blog é só clicar #seguir aqui do lado. Sugestão de post? Manda pra mim é só entrar em contato. Até a próxima.

Anúncios

Um comentário em “Meus pais se separaram e agora?

  1. Kelly disse:

    Para quem nunca passou por isso pode parecer ser realmente fácil conseguir conviver com a separação dos pais. Meus pais se separaram quando eu tinha 5 anos, me lembro de ser uma criança feliz até essa época. Mas mesmo hoje com 23 anos ainda não consegui superar o trauma da separação e noto nas minhas tentativas de tomar decisão a falta que faz uma família unida com a presença da figura materna e da figura paterna. Não só da mãe fazendo o papel de pai e mãe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s